sábado, 13 de dezembro de 2014

ESTE NATAL COMPRA TITÂNIO!


Ontem tivemos a primeira reunião do Projeto Titã onde participaram 25 escaladores, tendo muitos outros dado contributos prévios. Conseguimos dar os primeiros passos neste projeto e definir a estratégia geral para o reequipamento (ver detalhes aqui).

Muito resumidamente foi decidido iniciar um conjunto de ações para angariar os fundos necessários para comprar material (tiges de titânio e cola). Em relação a que falésias ou setores serão dadas prioridades, estabeleceu-se como primeiro critério de prioridade o RISCO (função entre o estado do material e o número de utilizadores). O segundo critério para definição de prioridades será o de GARANTIR DIVERSIDADE, sendo que se pretende não focar todos os esforços numa única falésia, mas garantir que se começa por uma seleção de falésias ou sectores que incluam tanto escalada desportiva como clássica e que incluam diversidade de graus. A ordem específica das falésias ou sectores será decidida posteriormente tendo em conta também a disponibilidade de material e de voluntários.

Vamos fazer a primeira encomenda de tiges nas próximas semanas e temos neste momento cerca de 2320€. É pouco! Pecisamos de mais! Por isso:
  • se ainda não contribuíste, CONTRIBUI;
  • se contribuíste mas ainda tens uns trocos, VOLTA A CONTRIBUIR;
  • se não tens um tusto, PEDE AOS TEUS PAIS PARA CONTRIBUÍREM;
  • e se a tua tia te perguntar o que queres para o Natal, responde-lhe “EU QUERO CAIR EM TITÂNIO!”
Não te esqueças, as placas não caem do céu, mas andam a cair das paredes…

NIB 0035 0001 00005304800 16
Email: equipadores@gmail.com
Página Facebook: https://www.facebook.com/projetotita

4 comentários:

bouldersintra disse...

Boas! A que nome tá ssociado o NIB. Preciso disso p fazer a transf online...
Abr,

Equipador disse...

O nome é Nuno Pinheiro.
obrigado pelo contributo!

bouldersintra disse...

Ok, obrigado! Já fiz a transf...
Abr

Nuno disse...

Nuno vou te enviar um mail a pedir mais algumas informações que preciso.
Colocaram a hipótese dos parabolts de titânico?